Windows 10 – Dicas e Primeiras Impressões

Windows 10 – Dicas e Impressões

O que você precisa saber sobre o novo sistema operacional da Microsoft

window10

Atualização de graça

No dia 29 de julho, o novo sitema operacional da Microsoft foi lançado, o Windows 10. A melhor notícia é que se você é um usuário do Windows 7, 8 ou 8.1, e tem uma cópia legalizada, ou seja comprou a licença eles não cobram nada pela atualização. Você só deve prestar atenção que essa promoção é por tempo limitado, ou seja no período de um ano. Caso você não se adapte  poderá retornar para a versão anterior.

Tenho ouvido alguns relatos de pessoas que estão conseguindo atualizar software pirata, mas creio que isso só ocorra por enquanto, até a Microsoft descobrir a farsa. O Windows 10 vem configurado com diversos recursos que desrespeitam a privacidade dos usuários e isso provavelmente irá revelar quem está usando software não autorizado.

Faça o backup

Se você comprou uma cópia do Windows deve ter percebido que apareceu uma bandeirinha da Microsoft ao lado do relógio na barra de ferramentas. Se clicar nela aparecerá uma janela perguntando se quer se cadastrar para receber a atualização do Windows 10. Se disser que sim será pedido o seu e-mail e deverá aguardar para quando for avisado sobre a atualização.

Para os Smartphones com Windows 8 as atualizações chegarão no final de 2015. A novidade é que na loja da Microsoft os softwares serão os mesmo que para desktop.

Algumas pessoas já receberam suas autorizações de instalação da nova atualização, porém ficaram com medo de perder seus dados. Um conselho que dou é que faça uma cópia de segurança dos seus dados (backup). Fizemos o teste de atualização é verificamos que os arquivos e programas ficaram intactos. Porém, não vale a pena correr o risco. Alguns usuários relataram travamentos e tiveram que formatar a máquina. Pelo sim ou pelo não, é sempre bom ter um backup de tudo.

Algumas soluções de backup de seus documentos, favoritos, fotos, vídeos, músicas, imposto de renda e programas baixados são:

Hd externo – um de 1 Tb, na maioria dos casos, é o suficiente;

Nuvem – Existem várias soluções gratuitas para guardar suas “coisas” na internet, mas a maioria não passa de 4 Gb, o equivalente a um dvd, provavelmente você terá que pagar para poder guardar muita mídia. Alguns exemplos são: o Google Drive,  o Dropbox ou o Microsoft OneDrive.

Hd interno extra – Algumas pessoas possuem um hd extra no computador para fazer backup, outras possuem uma partição (hd divido em várias partes) para isso. Pode ser uma boa solução quando se tem um hd bem grande. Pode-se também fazer um particionamento do seu hd usando o gparted do live cd do Linux Ubuntu. Seja qual for a sua escolha, lembre-se sempre de fazer o backup antes e desfragmentar o disco, para não ter problemas depois.

O menu iniciar está de volta

Com o lançamento do Windows 8 o menu iniciar foi substituído pelo Metro, uma interface que lembra a dos tabletes com ícones quadrados que indicam os programas. No começo achei um pouco confuso e levei um tempo para entender a lógica. Muitos usuários reclamaram e encontram alternativas para retornar o menu. Ao que parece a Microsoft ouviu os clientes e no Windows 10 retornou com o velho menu, porém repaginado. Ele lembra o velho e bom Windows 7 com os blocos do Windows 8.1.

Busca e pesquisa

Uma novidade que na verdade não bem uma novidade é o Cortana. Nas versões anteriores do Windows e nos smartphones e tabletes da Microsoft ele era o buscador de arquivos, na versão 8.1 ele passou a fazer buscas também na internet. A novidade é que ele tem um nome e fica localizando na na barra de ferramentas ao lado do menu iniciar.

Já disponível para os usuários de smartphones e tablets, a Cortana estará acessível para uso em desktops com a atualização do Windows. Ela ficará localizada na barra de buscas do menu iniciar. Uma de suas funções é pesquisar arquivos dentro do computador e na internet.

Novo navegador

Outra novidade é o Microsoft Edge, o antigo Internet Explorer com nova roupagem. Em nossos testes ele realmente apresentou uma melhora significativa com relação ao seu antecessor em relação a velocidade de navegação e abertura do programa, mas ainda está atrás com relação aos concorrentes como Firefox e Opera. Algo que chamou a atenção foi a possibilidade de fazer anotações direto na página de internet que estiver navegando. Basta para isso, clicar em anotações web. Uma ferramenta copiada do Opera e do Firefox é o modo leitura, que permite desabilitar fotos e propagandas para evitar distrações.

 

Um ponto negativo é que o navegador da Microsoft vem como default e não permite mudar para um outro browser a não ser que vá no painel de controle fazê-lo.  Para isto basta seguir os passos:

  1. Vá no menu iniciar e digite Aplicativos Padrão

  2. Procure Navegador da Web

  3. E altere para o seu navegador padrão.

Os demais programas também podem ser alterados nessa área.

Senha futurista

A Microsoft anunciou no começo do ano que o Windows 10 viria com a Biometria Facial. Ou seja, o computador identificaria o rosto do usuário e liberaria o acesso ao sistema operacional.  Segundo o vice-presidente da divisão de sistemas operacionais da Microsoft Joe Belfiore, o novo recurso seria muito mais preciso e seguro que a biometria digital e a senha.

Não fizemos o teste, pois para ativar o sistema de biometria facial é preciso um equipamento com câmera de boa resolução e infravermelho. Esses requisitos são para que o computador possa diferenciar uma pessoa de uma foto ou mesmo pessoas semelhantes como gêmeos. Segundo a Microsoft, o sistema identifica a íris e o formato do rosto.

Vários computadores em um

Outra novidade, que foi copiada do Linux e da Apple, são as múltiplas áreas de trabalho, recurso que permite abrir vários programas como se estivesse em vários computadores. Para isso, basta clicar na tecla com simbolo do Windows (botão Win) e o tab e selecionar adicionar uma área de trabalho. Não vejo muita utilidade no recurso,, mas é bonito.

Em nossos testes percebemos a mudança no layout do painel de controle, que ficou mais simples e as opções simulam o botão de liga e desliga. Para quem já estava acostumado a configurar o Windows é preciso atenção e reaprender o lugar de cada controle, nada absurdo, mas é uma mudança significativa.

Para alegria dos usuários do Windows a Microsoft acabou com o recurso que exigia que a pessoa tivesse que levar o mouse ao canto direito do vídeo para recorrer a opções ou desligar o computador. A meu ver, era um recurso muito ruim e confundia mais que ajudava. Tudo agora está no menu iniciar.

Bom, ficamos por aqui. Se gostou clique nos ícones das redes sociais nesse artigo, assim você estará ajudando a divulgar o site e a criarmos novos artigos.

 

 

 

Arthur Camargo

Tecnólogo e cientista social engajado na causa de inclusão social através da tecnologia e da cidadania.

Deixe uma resposta